Busque no forum:

Onde estou?  Fórum UOL Jogos > Vale Tudo
Compartilhe:
  • Enviar por e-mail
  • Orkut
  • Facebook
  • Twitter
  • Avalie:
31/10/2012 16:53

PANELA DOS POETERO

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 31/10/2012 16:53
celeste - eu msm pq, soneto


incomoda-me o plano azul do céu
sem pássaros n'afoita revoada
ou nuvens cobertas a sol e mel
lembra-me página em branco, um nada

que ao menos da linha do carretel
pipas piquem-lhe as veias e trovoadas
d'antigas cantigas rasguem-lhe o véu
dessa serena viuvez desbotada

quem sabe assim não lhe eclode alegria
no prazer em raiar um novo dia
despertada com orvalhada tez

antes toda a paixão das intempéries
que a quem vivo queima, arde e fere
que à sombra sucumbir em placidez
Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4

Bobbin

Mensagens: 587
Cadastro: 09/09/2012

Nível 1

Mensagem publicada em 31/10/2012 17:04
pelos tpcs que estão aparecendo hoje, esse parece propício:


garotas de meia-calça - Charles Bukowski

estudantes de meia-calça
sentadas nas paradas de ônibus
parecendo cansadas aos 13
com seus batons de framboesa
está quente sob o sol
e o dia na escola foi
maçante, e ir pra casa é
maçante, e eu
dirijo meu carro
e dou uma espiada naquelas pernas quentes.
seus olhos não estão focados
em nada -
elas foram avisadas sobre
os veteranos tarados e
cruéis; eles não desistirão
assim tão fácil.
e ainda assim é maçante
passar aqueles minutos no
banco e os anos em
casa, e os livros que elas
carregam são maçantes e aquilo de que se
alimentam é maçante, e até mesmo os
veteranos tarados e cruéis são
maçantes.


as garotas de meia-calça esperam,
esperam pelo momento e hora
exatos para só então se mover
e certamente conquistar.


circulo com o meu carro
espiando suas pernas
satisfeito por saber que jamais farei
parte nem de seus paraísos nem de
seus infernos. mas os batons
escarlates naquelas tristes bocas
que esperam! seria delicioso
beijar cada uma delas, uma vez que fosse, por completo,
mas o ônibus as
pegará primeiro.
Assinatura
"Aquele que luta com demônios deve acautelar-se para não tornar-se um também. Quando se olha muito tempo para o abismo, o abismo olha para você".
Além do Bem e do Mal

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 31/10/2012 18:53
Bobbin
pelos tpcs que estão aparecendo hoje, esse parece propício:


garotas de meia-calça - Charles Bukowski

estudantes de meia-calça
sentadas nas paradas de ônibus
parecendo cansadas aos 13
com seus batons de framboesa
está quente sob o sol
e o dia na escola foi
maçante, e ir pra casa é
maçante, e eu
dirijo meu carro
e dou uma espiada naquelas pernas quentes.
seus olhos não estão focados
em nada -
elas foram avisadas sobre
os veteranos tarados e
cruéis; eles não desistirão
assim tão fácil.
e ainda assim é maçante
passar aqueles minutos no
banco e os anos em
casa, e os livros que elas
carregam são maçantes e aquilo de que se
alimentam é maçante, e até mesmo os
veteranos tarados e cruéis são
maçantes.


as garotas de meia-calça esperam,
esperam pelo momento e hora
exatos para só então se mover
e certamente conquistar.


circulo com o meu carro
espiando suas pernas
satisfeito por saber que jamais farei
parte nem de seus paraísos nem de
seus infernos. mas os batons
escarlates naquelas tristes bocas
que esperam! seria delicioso
beijar cada uma delas, uma vez que fosse, por completo,
mas o ônibus as
pegará primeiro.


bom achado, Bobbin

minha primeira leitura de Bukowski, ainda volto a ele
Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 02/11/2012 20:16
um buraco no meio do peito - Dresden Codak, quadrinhos


Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4

Xedelba

Mensagens: 3430
Cadastro: 11/12/2011

Nível 3

Mensagem publicada em 02/11/2012 20:18
Pus o meu sonho num navio
e o navio em cima do mar;
depois abri o mar com as mãos,
para o meu sonho naufragar.

Minhas mãos ainda estão molhadas
do azul das ondas entreabertas,
e a cor que escorre dos meus dedos
colore as areias desertas

O vento vem vindo de longe,
a noite se curva de frio;
debaixo da água vai morrendo
meu sonho dentro de um navio...

Chorarei quanto for preciso,
para fazer com que o mar cresça,
e o meu navio chegue ao fundo
e o meu sonho desapareça.

Depois, tudo estará perfeito:
praia lisa, águas ordenadas,
meus olhos secos como pedras
e as minhas duas mãos quebradas.

(Cecília Meireles)

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 03/11/2012 09:42
cecília é fera




do nascimento - eu msm pq, haicai


homem sob azaléia
sob o cabelo, pólen
germina idéia



Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 03/11/2012 10:28

"tudo vale a pena quando a alma não é pequena"
-- Fernando Pessoa


com pena se faz poema
quer da alma ou da falta
frente à altura tão alta
toda pena se apequena

-- eu msm pq

Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 04/11/2012 13:09
Aviso aos náufragos - Paulo Leminski

Esta página, por exemplo,
não nasceu para ser lida.
Nasceu para ser pálida,
um mero plágio da Ilíada,
alguma coisa que cala,
folha que volta pro galho,
muito depois de caída.
Nasceu para ser praia,
quem sabe Andrômeda, Antártida,
Himalaia, sílaba sentida,
nasceu para ser última
a que não nasceu ainda.
Palavras trazidas de longe
pelas águas do Nilo,
um dia, esta página, papiro,
vai ter que ser traduzida,
para o símbolo, para o sânscrito,
para todos os dialetos da Índia,
vai ter que dizer bom-dia
ao que só se diz ao pé do ouvido,
vai ter que ser a brusca pedra
onde alguém deixou cair o vidro.
Não é assim que é a vida?
Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4

Nightwalker

Mensagens: 17301
Cadastro: 09/12/2010

Nível 5

Mensagem publicada em 04/11/2012 13:19
Se te queres matar - Fernando Pessoa


Se te queres matar, porque não te queres matar?
Ah, aproveita! que eu, que tanto amo a morte e a vida,
Se ousasse matar-me, também me mataria...
Ah, se ousares, ousa!
De que te serve o quadro sucessivo das imagens externas
A que chamamos o mundo?
A cinematografia das horas representadas
Por actores de convenções e poses determinadas,
O circo polícromo do nosso dinamismo sem fim?
De que te serve o teu mundo interior que desconheces?
Talvez, matando-te, o conheças finalmente...
Talvez, acabando, comeces...
E de qualquer forma, se te cansa seres,
Ah, cansa-te nobremente,
E não cantes, como eu, a vida por bebedeira,
Não saúdes como eu a morte em literatura!

Fazes falta? Ó sombra fútil chamada gente!
Ninguém faz falta; não fazes falta a ninguém...
Sem ti correrá tudo sem ti.
Talvez seja pior para outros existires que matares-te...
Talvez peses mais durando, que deixando de durar...

A mágoa dos outros?... Tens remorso adiantado
De que te chorem?
Descansa: pouco te chorarão...
O impulso vital apaga as lágrimas pouco a pouco,
Quando não são de coisas nossas,
Quando são do que acontece aos outros, sobretudo a morte,
Porque é a coisa depois da qual nada acontece aos outros...

Primeiro é a angústia, a surpresa da vinda
Do mistério e da falta da tua vida falada...
Depois o horror do caixão visível e material,
E os homens de preto que exercem a profissão de estar ali.
Depois a família a velar, inconsolável e contando anedotas,
Lamentando a pena de teres morrido,
E tu mera causa ocasional daquela carpidação,
Tu verdadeiramente morto, muito mais morto que calculas...
Muito mais morto aqui que calculas,
Mesmo que estejas muito mais vivo além...

Depois a trágica retirada para o jazigo ou a cova,
E depois o princípio da morte da tua memória.
Há primeiro em todos um alívio
Da tragédia um pouco maçadora de teres morrido...
Depois a conversa aligeira-se quotidianamente,
E a vida de todos os dias retoma o seu dia...

Depois, lentamente esqueceste.
Só és lembrado em duas datas, aniversariamente:
Quando faz anos que nasceste, quando faz anos que morreste;
Mais nada, mais nada, absolutamente mais nada.
Duas vezes no ano pensam em ti.
Duas vezes no ano suspiram por ti os que te amaram,
E uma ou outra vez suspiram se por acaso se fala em ti.

Encara-te a frio, e encara a frio o que somos...
Se queres matar-te, mata-te...
Não tenhas escrúpulos morais, receios de inteligência!...
Que escrúpulos ou receios tem a mecânica da vida?

Que escrúpulos químicos tem o impulso que gera
As seivas, e a circulação do sangue, e o amor?
Que memória dos outros tem o ritmo alegre da vida?
Ah, pobre vaidade de carne e osso chamada homem.
Não vês que não tens importância absolutamente nenhuma?

És importante para ti, porque é a ti que te sentes.
És tudo para ti, porque para ti és o universo,
E o próprio universo e os outros
Satélites da tua subjectividade objectiva.
És importante para ti porque só tu és importante para ti.
E se és assim, ó mito, não serão os outros assim?

Tens, como Hamlet, o pavor do desconhecido?
Mas o que é conhecido? O que é que tu conheces,
Para que chames desconhecido a qualquer coisa em especial?

Tens, como Falstaff, o amor gorduroso da vida?
Se assim a amas materialmente, ama-a ainda mais materialmente:
Torna-te parte carnal da terra e das coisas!
Dispersa-te, sistema físico-químico
De células nocturnamente conscientes
Pela nocturna consciência da inconsciência dos corpos,
Pelo grande cobertor não-cobrindo-nada das aparências,
Pela relva e a erva da proliferação dos seres,
Pela névoa atómica das coisas,
Pelas paredes turbilhonantes
Do vácuo dinâmico do mundo...

Mensagem editada pelo usuário Nightwalker em 04/11/2012 13:20.
Assinatura
"I don't know about angels, but it's fear that gives men wings."

M00nLight

Mensagens: 14350
Cadastro: 06/11/2007

Nível 5

Mensagem publicada em 04/11/2012 13:22
Marcando.
Faz muito tempo que não escrevo nenhuma, mas tenho meu antigo caderno de poemas guardado
adoro
Assinatura
"No semblante de um animal que não fala, há todo um discurso que só um espírito sábio é capaz de entender"
Mahatma Ghandi


Steam: m00nlight_br
Live: M00nLightAnn
3DS: 2079-6282-0287



(3DS) (Lite)

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 04/11/2012 13:25
M00nLight
Marcando.
Faz muito tempo que não escrevo nenhuma, mas tenho meu antigo caderno de poemas guardado
adoro


não se acanhe pelo eu-lírico
nem sempre é vc
Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4

Símio Aurius

Mensagens: 436
Cadastro: 08/08/2012

Nível 1

Mensagem publicada em 04/11/2012 13:30
Fotograma Descartável
Poema em linha recta - Álvaro de Campos

Nunca conheci quem tivesse levado porrada.
Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.

E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil,
Eu tantas vezes irrespondivelmente parasita,
Indesculpavelmente sujo,
Eu, que tantas vezes não tenho tido paciência para tomar banho,
Eu que tantas vezes tenho sido ridículo, absurdo,
Que tenho enrolado os pés publicamente nos tapetes das etiquetas,
Que tenho sido grotesco, mesquinho, submisso e arrogante,
Que tenho sofrido enxovalhos e calado,
Que quando não tenho calado, tenho sido mais ridículo ainda;
Eu, que tenho sido cómico criadas de hotel,
Eu, que tenho sentido o piscar de olhos dos moços de fretes,
Eu que tenho feito vergonhas financeiras, pedido emprestado sem pagar,
Eu, que, quando a hora do soco surgiu, me tenho agachado,
Para fora da possiblidade do soco;
Eu que tenho sofrido a angústia das pequenas coisas ridículas,
Eu que verifico que não tenho par nisto neste mundo.

Toda a gente que eu conheço e que fala comigo,
Nunca teve um acto ridículo, nunca sofreu um enxovalho,
Nunca foi senão - princípe - todos eles princípes - na vida...

Quem me dera ouvir de alguém a voz humana,
Quem confessasse não um pecado, mas uma infâmia;
Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam.
Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil?
Ó princípes, meus irmãos,

Arre, estou farto de semideuses!
Onde há gente no mundo?

Então só eu que é vil e erróneo nesta terra?

Poderão as mulheres não os terem amado,
Podem ter sido traídos - mas ridículos nunca!
E eu, que tenho sido ridículo sem ter sido traído,
Como posso eu falar com os meus superiores sem titubear?
Eu, que tenho sido vil, literalmente vil,
Vil no sentido mesquinho e infame da vileza.





Álvaro de Campos é um dos heterônimos de Fernando Pessoa, o poeta português que fazia autopsicografia.


THIS!

Símio Aurius

Mensagens: 436
Cadastro: 08/08/2012

Nível 1

Mensagem publicada em 04/11/2012 13:33
Fotograma Descartável
um buraco no meio do peito - Dresden Codak, quadrinhos
http://fabriciokc.files.wordpress.com/2011/04/buraco-no-peito.jpg


Sartre: "O ser humano está condenado a ser livre".

Até já!

PS: IMHO, um dos melhores tópicos do Fórum UOL. *****.

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 06/11/2012 10:56
Símio Aurius
PS: IMHO, um dos melhores tópicos do Fórum UOL. *****.

obrigado

acho que devo fazer juz e arrumar algum índice geral por autores ou temas de poemas





a vida e a paz - eu msm pq


a vida
é dor e cansaço
é diária agonia
e inchaço
a paz
é pelos campos semeada
ao fim de perdida batalha
onde soldado raso
jaz



Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 07/11/2012 10:36
M3rda e ouro - Paulo Leminski

M3rda é veneno.
No entanto, não há nada
que seja mais bonito
que uma bela cagada.
Cagam ricos, cagam padres,
cagam reis e cagam fadas.
Não há m3rda que se compare
a b0sta da pessoa amada.




esse cara era voda

Mensagem editada pelo usuário Fotograma Descartável em 07/11/2012 10:36.
Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 07/11/2012 11:02
a inveja é uma pedra - eu msm pq

no meio do caminho havia um poeteiro
caído e inerte, sobre poça ensanguentada
com flores enfrentava mil dissabores e meio
e a cabeça ao meio foi partida e semeada




Mensagem editada pelo usuário Fotograma Descartável em 07/11/2012 11:08.
Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4

Jaccoud

Mensagens: 14277
Cadastro: 27/02/2006

Nível 4

Mensagem publicada em 07/11/2012 11:06
nunca olhar - Charles Bukowski

esse é o segredo: nunca olhar.
"você nunca olhar para as pessoas," uma namorada costumava
me dizer.
eu tinha um motivo, eu não queria ver o que estava
lá, eu me sentia melhor sem aquela
realidade.

existem milhares de exemplos do que quero dizer com
isso, mas uma vez que ambos têm muitas outras coisas para
fazer, eu apenas ilustrarei com
alguns:
dizer, se eu embarcava em um jato e eu via o primeiro piloto,
então seria um vôo muito
desconfortável
ou dizer, nas corridas de cavalo se eu olhava para quem
iria conduzir o cavalo que eu
escolhi
então eu sabia que nunca poderia
apostar naquele cavalo.
ou dizer, (e eu percebo que você pode não
compreender este) se eu visse os rostos das
vencedoras de um concurso de beleza
eu quase sempre ficava
horrorizado.
e eu sei que é uma coisa terrível de dizer, mas
quando eu via centenas de rostos em um evento
esportivo
eu me tornava tonto com
descrença.


eu pareço estar deslocado nas multidões, eu não
pertenço.

eu estou melhor sozinho assistindo meus três gatos, eles são
atos verdadeiros de
vida.

eu posso
olhar.

Mensagem editada pelo usuário Jaccoud em 07/11/2012 11:07.
Assinatura
"Toma um café, que o mundo já acabou faz tempo."

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 08/11/2012 11:29
dia frio
mendiga migalhas
engole do chão
toma por música
chuva e trovão
e do motor
veste fumaça
verte cachaça
sonha que dorme
e cai do colchão
no jornal que acoberta
eleito algo alguém foi
com brio



-- eu msm pq
Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4

FredDcs

Mensagens: 4198
Cadastro: 17/12/2009

Nível 2

Mensagem publicada em 08/11/2012 11:34
Confira
tudo que
respira
conspira




Paulo Leminsk

Fotograma Descartável

Mensagens: 10785
Cadastro: 21/08/2012

Nível 5

Mensagem publicada em 09/11/2012 12:34
nas mãos de deus - eu msm pq, quadra

fui convocado a realizar um exame
de direção por escorregadia pista
chovia e não vi os sinais ou oculista
pilotando o videogame e foi um vexame


Assinatura
PSN: fotorama (sem G)
LEITURA 2017

panela dos indies

panela if

PS4
Quem está online
0 usuários cadastrados e 1 visitantes.

Busque no forum:

Onde estou?  Fórum UOL Jogos > Vale Tudo
Média geral    4.0 (69 votos)

48 votos (69.56%)

Excelente

0 votos (0.0%)

Ótimo

0 votos (0.0%)

Bom

0 votos (0.0%)

Regular

21 votos (30.43%)

Ruim